fbpx

A Blocktime Coworking está dividida em duas unidades, Coworking Heroes, voltada ao público da economia colaborativa e a Coworking Saúde e Bem-Estar, para os profissionais da área.

Coworking Heroes:
Rua Galeno de Almeida, 188 – São Paulo

Contato:
coworking@blocktime.com.br
+55 11 3055-3400

Nossa sede está a 150 metros do Metrô Sumaré.

Coworking Saúde e Bem-Estar:
Rua Artur de Azevedo, 289 – São Paulo

Contato:
contato@blocktime.com.br
+55 11 3062-5824

Próximo a estação de Metrô Oscar Freire.

Trabalho remoto é um dos assuntos mais falados ultimamente. Mas afinal, o que é?

Imagem tirada de cima, mostra mesa de trabalho com notebook e mão de homem branco digitando

Trabalho remoto é um dos assuntos mais falados ultimamente. Mas afinal, o que é?

Graças às tecnologias digitais, você pode trabalhar à distância e focar na qualidade de vida e no sucesso profissional

Transporte público lotado, trânsito, poucas horas de sono, falta de tempo para investir em qualidade de vida… Estas são queixas comuns de quem se desloca diariamente de casa para o trabalho.

No entanto, com a pandemia provocada pela Covid-19, profissionais de diferentes áreas têm conhecido o trabalho remoto. O que já era tendência se transformou no famoso novo normal.

Nós, da Blocktime Coworking, sabemos que ainda restam dúvidas em relação a uma série de fatores que envolvem esse conceito e, por isso, estamos aqui para solucioná-las. Acompanhe com a gente de que forma o trabalho remoto interfere na vida dos profissionais e no futuro das empresas. 

Imagem mostra mulher jovem, branca, digitando em notebook

O que significa, afinal?

Também conhecido como teletrabalho,  trabalho remoto consiste na realização das atividades laborais fora do espaço físico da empresa. Os colaboradores, neste caso, usam a tecnologia digital para fazer suas tarefas e se conectar com a equipe. 

Vale dizer que esse tipo de trabalho é uma ótima oportunidade para quem deseja complementar a renda e ganhar dinheiro por meio da internet. É o caso dos freelancers, que desenvolvem atividades e projetos sob demanda.

Qual a diferença entre trabalho remoto e home office

Quem acompanha as redes sociais deve ter se deparado com alguns posts que debatem as diferenças entre trabalho remoto e home office. Veja a seguir o que caracteriza cada um:

Home office

Conceito: Neste formato, o profissional, por algum motivo eventual, realiza suas atividades do trabalho em casa por algumas horas ou em determinados dias da semana ou meses.

Estrutura: Geralmente, é a mesma utilizada na rotina da casa. O profissional pode trabalhar na cozinha, sala, quarto ou em um escritório improvisado. O problema é que esse cenário tende a gerar desconforto ao longo do tempo. Em contrapartida, existem profissionais que amam!

Socialização: Basicamente, a socialização com outros profissionais é inexistente Para evitar essa situação, o ideal é promover encontros presenciais em coworkings,  por exemplo. 

Foco: No home office, perder o foco das atividades  tende a acontecer com mais frequência, principalmente se você mora com outras pessoas que, assim como você, passam a maior parte do tempo em casa.

Trabalho remoto

Conceito: O profissional não trabalha nas dependências físicas da empresa. Ele cria seu próprio ambiente de trabalho, que pode acompanhá-lo por onde ele for, sem prejuízos à sua produtividade.

Estrutura: Você pode escolher o local de trabalho que quiser. Pode ser na sua casa, em uma biblioteca,  em um coworking… Tudo vai depender da sua organização e da rotina de cada empresa.

Socialização: O trabalho remoto, por ser mais flexível, permite o encontro com outros membros da sua equipe em um escritório compartilhado. Isso sem contar na possibilidade de networking, que dá aquela força na evolução da carreira.

Foco: Ao invés dos ruídos da casa, que podem prejudicar a produtividade e a entrega, no trabalho remoto, você pode escolher um espaço favorável para terminar um projeto ou até mesmo participar de reuniões sem interferências.

Basicamente, o home office é temporário e você precisa estar à disposição da empresa para ir até o local físico. Já o trabalho remoto é constante e você tem maior flexibilidade para trabalhar onde quiser.

Imagem mostra homem branco de fone de ouvido, falando em reunião no notebook

E o trabalho híbrido?

Como o próprio nome sugere, o trabalho híbrido mescla home office, trabalho remoto e trabalho presencial na sede da empresa. Ao que tudo indica, esse modelo será tendência em um futuro próximo, justamente por sua flexibilidade.

Com ele, dá pra ter a liberdade de ficar em casa, ir para um coworking, participar de reuniões na empresa… Dá, inclusive, para unir o útil ao agradável, sendo nômade digital e trabalhando de qualquer lugar do mundo!

Trabalho remoto vale a pena?

Como você viu, o trabalho remoto dá mais liberdade para a gente escolher o espaço ideal para o desempenho de nossas atividades. Mas não é só isso! Ao escolher um coworking, por exemplo, você ainda conta com as seguintes vantagens:

  • Acesso a infraestrutura adequada, com internet de qualidade, sala de reunião equipada, ergonomia, ambiente de descompressão, entre outros diferenciais;
  • Redução dos sintomas de ansiedade e depressão, graças à convivência com outras pessoas, o que auxilia na redução do estresse;
  • Ótimo custo-benefício, já que você contrata um plano personalizado e não precisa se preocupar com manutenção, data do pagamento das contas de internet, água e energia, segurança e por aí vai.

E quais são os tipos?

Com um notebook, internet de qualidade,  networking e uma boa xícara de café, você pode iniciar o trabalho remoto. Caso esteja buscando por inspirações, veja a seguir quais são as áreas que super combinam com esse modelo:

Programador: Quem cria apps, jogos, softwares e sites encontra boas oportunidades de trabalho remoto. Você pode cobrar por hora ou por projeto, tudo vai depender dos clientes e parcerias que fizer.

Designer: Mostre seu talento em criar designs UI e UX e crie uma carreira sólida na área, que tem crescido cada vez mais. Aproveite para ampliar suas habilidades e oferecer aos clientes peças em stop motion e ilustrações.

Jornalista:  O jornalismo digital está cada vez mais forte. Se você é fera em criação de calendário editorial, execução de plano tático de comunicação e conteúdo e manda bem na redação, conseguirá ótimos trabalhos.

Social media: Sabe o adm das redes sociais dos influencers mais famosos do Brasil? Ele pode ser você! Esse tipo de trabalho remoto exige boa capacidade de comunicação e visão estratégica de engajamento e alcance orgânico. 

Como conseguir trabalho remoto

Como a gente já disse, a internet e os dispositivos móveis são os principais responsáveis pela expansão do trabalho remoto. Por isso, é importante saber utilizar bem esses recursos e aproveitar ao máximo os benefícios que eles oferecem.

É fundamental marcar presença no Linkedin e fazer conexões com pessoas e empresas que estejam em consonância com a sua área de atuação. Além disso, crie um bom portfólio online.

Existem alguns sites apropriados para portfólios, como  Behance, Contently, Flickr, Coroflot, entre outros. Avalie qual é mais adequado para a sua profissão e capriche na apresentação.

Também é importante se cadastrar em plataformas que conectam freelancer a empresas. Além do próprio Linkedin, tem a Workana, Revelo, Indeed e por aí vai. Faça uma boa apresentação e venda seu peixe com criatividade. 

Imagem mostra mulher negra trabalhando em notebook com fone de ouvido

Melhor lugar para trabalho remoto

O melhor lugar para você fazer seus trabalhos é aquele que te permite manter o foco nas atividades. Pode ser na sua casa, em uma biblioteca, em um parque… Mas, nem sempre vai ser possível encontrar a paz desejada nesses lugares.

Afinal, imprevistos acontecem. O vizinho pode resolver fazer obras bem no horário de uma reunião, a biblioteca pode fechar para manutenção e a internet do parque pode, simplesmente parar de funcionar ou não ser de qualidade.

O que fazer nestes casos? Ao invés de desligar o notebook e lamentar que o universo esteja conspirando contra, a melhor saída é procurar por um espaço criado exclusivamente para receber quem trabalha remotamente: o coworking. 

Sempre haverá uma estação de trabalho e toda estrutura de que você precisa para entregar o job e cumprir o prazo acordado com seus clientes. Se você estiver em São Paulo, melhor ainda! A Blocktime Coworking conta com 3 unidades: 

Blocktime Coworking Urban: Fica Pinheiros, na Rua Artur de Azevedo, 289, bem pertinho da estação do metrô Oscar Freire. Depois do job, você pode aproveitar os barzinhos da região e o famoso Beco do Batman.

Blocktime Coworking Heroes: A unidade também fica em Pinheiros, na Rua Galeno de Almeida, 188, perto da estação Sumaré do metrô. Dá pra curtir, depois do trabalho remoto,  a elegante e badalada Vila Madalena, que fica a 1km da Block. 

Blocktime Coworking Express: Fica na Rua Joaquim Távora, 1256- Vila Mariana, a 1km do metrô Ana Rosa e a 2km do aconchegante Parque Ibirapuera, onde você pode fazer aquela caminhada para descontrair e relaxar depois do expediente.

Trabalho remoto é flexibilidade, mas também é foco, organização e equilíbrio financeiro. A Blocktime Coworking considera tudo isso na hora de estabelecer planos e soluções personalizadas para cada um dos profissionais que usam nossos espaços.


João Marcos Guirau

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pelo SENAC SP, é fundador da Blocktime Coworking e sócio do grupo Blocktime, referência em operação e otimização de escritórios. Entusiasta da economia compartilhada, participa ativamente de grupos relacionados ao tema e adquiriu conhecimento e expertise em arquitetura e design para coworkings, sendo responsável pela gestão operacional dos espaços. Atua, desde 2015 como organizador do Encontro Coworking Brasil e apoiador de muitas das iniciativas relacionadas a este universo, está sempre buscando mais conhecimento sobre novas formas de trabalho, participando frequentemente de conferências internacionais sobre o tema.