fbpx

A Blocktime Coworking está dividida em duas unidades, Coworking Heroes, voltada ao público da economia colaborativa e a Coworking Saúde e Bem-Estar, para os profissionais da área.

Coworking Heroes:
Rua Galeno de Almeida, 188 – São Paulo

Contato:
coworking@blocktime.com.br
+55 11 3055-3400

Nossa sede está a 150 metros do Metrô Sumaré.

Coworking Saúde e Bem-Estar:
Rua Artur de Azevedo, 289 – São Paulo

Contato:
contato@blocktime.com.br
+55 11 3062-5824

Próximo a estação de Metrô Oscar Freire.

Coworking é para todo tipo de público? Como saber se eu me adéquo?

Imagem mostra figurinhas com diferentes estilo de perfis

Coworking é para todo tipo de público? Como saber se eu me adéquo?

Para utilizar um espaço de coworking, você precisa de uma profissão: a sua. E pensando nisso, como saber se Coworking é para todo tipo de público, no caso, você?

Os ambientes coletivos de trabalho têm se consolidado cada vez mais no Brasil. Eles são reflexo das rápidas mudanças pelas quais o mundo corporativo tem passado. Se você está procurando por esses espaços, deve estar fazendo uma série de questionamentos.

Um deles, certamente, diz respeito ao perfil das pessoas que se apropriam deles. Será que o coworking é para todo tipo de público? Para descobrir a resposta, leia as informações a seguir com bastante atenção.

Imagem mostra pessoa escrevendo em um caderno

O que é coworking?

Se você está procurando por espaço onde você quer trabalhar, deve estar se perguntando sobre o que é coworking. Trata-se de um ambiente em que profissionais autônomos ou equipes de pequenas empresas compartilham a mesma infraestrutura.

Em outras palavras, você divide um espaço de trabalho com pessoas que exercem diferentes tipos de atividades. O coworking conta com todos os elementos de uma sala comercial, mas com uma vantagem: todas as despesas são divididas.

A partir do pagamento de um plano semanal, quinzenal, mensal ou até por hora, você tem acesso a uma mesa ou sala de trabalho, internet de qualidade e linha de telefone. Os espaços ainda contam com serviços de limpeza, recepção, segurança e manutenção.

Copa, área de descompressão e sala de reunião também são elementos presentes nesse tipo de ambiente. E como saber se o coworking está de acordo com meu perfil? Leia o próximo tópico para descobrir.

Sim, coworking é para todo tipo de público

Algumas pessoas têm a falsa ideia de que coworking é lugar para a galera mais jovem e que exerce atividades relacionadas à criação, marketing, designer, artes visuais, entre outras. No entanto, não é nada disso. Coworking é para todo tipo de público.

Se tem um termo que o define bem é espaço democrático. Ele pode ser usado por quem exerce diversas profissões e está buscando por um ambiente organizado e com ambiente organizado e com infraestrutura adequada.

Você não precisa ser jovem vida louca para desfrutar de um coworking. Até porque estamos falando de um ambiente de trabalho e, como tal, tem suas regras para que todos possam exercer suas atividades de forma tranquila. 

Imagem mostra homem trabalhando em coworking

Quais são as vantagens de um coworking em relação a salas comerciais?

Agora que você já sabe que coworking é para todo tipo de público e serve pra quem usa All Star ou sapato social, terno ou jeans,  é introspectivo ou despojado, vamos às suas principais vantagens. Sem dúvida, a primeira delas diz respeito ao custo.

Todas as despesas de manutenção do espaço, conta de energia, água e internet, portaria, recepção e segurança estão dentro do valor que você pagará no seu plano. Surpresas e imprevistos não farão parte da sua rotina.

E tem mais. Caso a lâmpada queime, a pia quebre e o cano estoure, você não vai precisar parar de fazer seu trabalho para resolver esses perrengues. Isso garante mais produtividade e foco no que realmente importa.

Além dos custos, outras vantagens merecem ser mencionadas. Veja quais são elas:

Flexibilidade: O coworking não exige contratos longos de aluguel, multas, entre outras burocracias típicas de salas comerciais. Caso você precise viajar e passar alguns meses fora, é só dar uma pausa no pacote.

Colaboratividade: Uma das tendências do mercado de trabalho é a expansão das redes de colaboração. Quanto maior for a variedade de profissionais dividindo o mesmo espaço, maiores serão as descobertas e aperfeiçoamento de suas habilidades.

Parceria: Se coworking é para todo tipo de público, então é bom você deixar essa história de concorrência de lado.  Nesse cenário de troca, você terá parceiros, não rivais comerciais. Networking não vai faltar, pode ter certeza.

Acolhimento: Os espaços intimistas do coworking oferecem as condições ideais para que você se sinta acolhido. Essa é uma vantagem crucial para quem é autônomo. Você não vai se sentir um pontinho perdido no meio do oceano. 

Localização: O ideal é que você desfrute de um coworking que seja de fácil acesso a partir de diversos pontos da cidade. De preferência, o espaço deve ser perto de estações do metrô para que a mobilidade urbana seja uma realidade na sua vida.

Descompressão: Existem regras que devem ser seguidas para que o ambiente seja aproveitado por todos. Mas, isso não é motivo para não ter momentos descontraídos. As salas de descompressão foram criadas para isso. E você vai gostar!

Atualização: As informações a respeito das tendências do mercado vão chegar bem mais depressa em um coworking do que na sala de sua casa. Isso garante que você esteja sempre a um passo à frente do seu tempo e saiba se preparar para o novo. 

Como você pode ver, coworking é para todo tipo de público e, portanto, também serve para você. Com as informações que compartilhamos neste artigo, pesquise, visite espaços e não hesite em se apropriar de um deles.

Aqui na Blocktime, a gente conta com uma infraestrutura que vai te ajudar a lidar com suas atividades do dia a dia da melhor maneira. Nosso espaço está localizado em uma região privilegiada de Pinheiros e conta com gente bacana e planos acessíveis.


João Marcos Guirau

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pelo SENAC SP, é fundador da Blocktime Coworking e sócio do grupo Blocktime, referência em operação e otimização de escritórios. Entusiasta da economia compartilhada, participa ativamente de grupos relacionados ao tema e adquiriu conhecimento e expertise em arquitetura e design para coworkings, sendo responsável pela gestão operacional dos espaços. Atua, desde 2015 como organizador do Encontro Coworking Brasil e apoiador de muitas das iniciativas relacionadas a este universo, está sempre buscando mais conhecimento sobre novas formas de trabalho, participando frequentemente de conferências internacionais sobre o tema.